COLÉGIO ANTÔNIO ALVES RAMOS- Educação Consciente

TEMA NORTEADOR/ 2.011:

Educação e vida: compromisso com o planeta.

OBJETIVO: Educar para a vida, promovendo ações fraternas comprometidas com o planeta.

PROJETO DO 4º ANO:

Um por todos...e todos pelo futuro do planeta!

***Objetivo geral:

Sensibilizar para o respeito à diversidade das relações fraternas.

Promover situações práticas em defesa à sustentabilidade do nosso planeta.

Visite o SITE do nosso colégio:
http://colegioantonioalves.pallotti.com.br/

Visite o blog:
http://escolavicentepallotti.blogspot.com/


4º ANO/ 2.011

Fique informado!!!!

Loading...

sexta-feira, 20 de maio de 2011

A PIPA E A FLOR DE RUBEM ALVES/ 4º ANO...

PORTUGUÊS, EDUCAÇÃO PARA O PENSAR, MATEMÁTICA E ARTES...


A PIPA E A FLOR

Poucas pessoas conseguiram definir tão bem os caminhos do amor como Rubem Alves, numa fábula surpreendente, cujos personagens são: uma pipa e uma flor.
A história começa com algumas considerações de um personagem que deduzimos ser um velho sábio.
Ele observa algumas pipas presas aos fios elétricos e aos galhos das árvores e afirma que é triste vê-las assim, porque as pipas foram feitas para voar.
Acrescenta que as pessoas também precisam ter uma pipa solta dentro delas para serem boas.
Mas aponta um fator contraditório: para voar, a pipa tem que estar presa numa linha e a outra ponta da linha
precisa estar segura na mão de alguém.
Poder-se-ia pensar que, cortando a linha, a pipa pudesse voar mais alto, mas não é assim que acontece. Se a linha for cortada, a pipa começa a cair.
Em seguida, ele narra a história de um menino que confeccionou uma pipa. Ele estava tão feliz, que desenhou nela um sorriso. Todos os dias, ele empinava a pipa alegremente. A pipa também se sentia feliz e, lá do alto, observava a paisagem e se divertia com as outras pipas que também voavam.
Um dia, durante o seu vôo, a pipa viu lá embaixo uma flor e ficou encantada, não com a beleza da flor, porque ela já havia visto outras mais belas, mas alguma coisa nos olhos da flor a havia enfeitiçado. Resolveu, então, romper a linha que a prendia à mão do menino e dá-la para a flor segurar. Quanta felicidade ocorreu depois!
A flor segurava a linha, a pipa voava; na volta, contava para flor tudo o que vira. Acontece que a flor começou a ficar com inveja e ciúme da pipa. Invejar é ficar infeliz com as coisas que os outros têm e nós não temos; ter ciúme é sofrer por perceber a felicidade do outro quando a gente não está perto. A flor, por causa desses dois sentimentos, começou a pensar: se a pipa me amasse mesmo, não ficaria tão feliz longe de mim... Quando a pipa voltava de seu vôo, a flor não mais se mostrava feliz, estava sempre amargurada, querendo saber com quem a pipa estivera se divertindo. A partir daí, a flor começou a encurtar a linha, não permitindo à pipa voar alto. Foi encurtando a linha, até que a pipa só podia mesmo sobrevoar a flor.
Esta história, segundo conta o autor, ainda não terminou e está acontecendo em algum lugar neste exato momento.
Rubem Alves
http://pensador.uol.br/

*** Rubem Alves criou três finais para esta história, mas antes de conhecê-los, você vai criar um, para depois comparar com aqueles que ele criou.
________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________
Há três finais possíveis para ela:
1 - A pipa, cansada pela atitude da flor, resolveu romper a linha e procurar uma mão menos egoísta.
2 - A pipa, mesmo triste com a atitude da flor, decidiu ficar, mas nunca mais sorriu.
3 - A flor, na verdade, era um ser encantado.
O encantamento quebraria no dia em que ela visse a felicidade da pipa e não sentisse inveja, nem ciúme.
Isso aconteceu num belo dia de sol e a flor se transformou numa linda borboleta e as duas voaram juntas.
Rubem Alves

*** Qual dos finais, criados por Rubem Alves, você mais se agradou para completar a história? Justifique:
________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________

1) Trabalhando o texto:
a) Qual o "tema" abordado por Rubem Alves, nesta fábula?
b) Ilustre:
*** aquilo que o menino confeccionou:
*** fez a pipa romper a linha que o menino segurava:
c) Por que a flor sentia inveja da pipa? Justifique:
d) Em sua opinião, a flor amava a pipa? Por quê?
e) Como você define...
*** a inveja?
*** o amor?
f) Mensagem da história para nossa vida:

2) Circule os verbos e de o tempo de cada um:
a) Ele narra a história.(____________)
b) A flor segurou a linha.(______________)
c) O encantamento quebrará e a flor não sentirá mais inveja.(________, __________)

3) Retire do texto:
a) três substantivos comuns:__________________________
b) um substantivo próprio:_______________
c) três adjetivos:_______________________________
d) um pronome pessoal do caso reto:_________
e) uma frase negativa:_________________________________________________

4) Circule os encontros vocálicos e consonantais. Após, classifique-os:
a) pessoas-_______________
b) galhos-_______________
c) ciúme-_______________
d) sentisse-______________
e) egoísta-______________
f) sábio-_______________

5) Resolva:

a) Uma floricultura tem o nônuplo de 674 flores. Quantas flores tem nesta floricultura?
Cálculo:********************* P.R:

R:_____________________________________________________________

### Do total de flores, 6 dúzias são rosas vermelhas e o restante brancas. Quantas rosas são brancas?
Cálculos:

R:_____________________________________________________________

b) Um senhor confeccionou 7 dúzias de pipas em um dia. Quantas pipas ele confeccionará em uma quinzena?
Cálculos:

R:______________________________________________________________

### Ele vendeu a terça- parte desta quantia na Praça Saldanha marinho. Quantas pipas ele vendeu na praça?
Cálculo:********************** P.R:

R_______________________________________________________________

### Ele vendeu cada pipa por 12 reais. Quanto ele recebeu de dinheiro pela venda das pipas?
Cálculo:

R:______________________________________________________________

c) Leila gastou 240 reais para comprar 10 ramalhetes de rosas. Quanto ela pagou cada ramalhete de rosas?

S.M:__________________________
R____________________________

d) Fabiana quer saber quantos pés de margaridas tem no sítio da vovó. Ela observou que os pés de magaridas estavam em 48 fileiras de 23 pés de margaridas cada uma. Depois, verificou que 36 pés não estavam produzindo margaridas.Quantos pés de margaridas estão produzindo na fazenda da vovó?
Cálculos:

R_______________________________________________________________
6) ARTES: A Pipa e a Flor
Montagem de um mini painel. (dobradura)
Expor na biblioteca.
*** Atividades elaboradas por: Profe Janete Motta

Um comentário:

  1. Oi Janete!
    Adorei teu blog. Parabéns!!
    Bjo.
    Rosi Brandão

    ResponderExcluir

Free JavaScripts provided
by The JavaScript Source